PROJETOS DA COPA 2014 EM MANAUS

PROJETOS DA COPA 2014 EM MANAUS

sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ 2012 A TODOS OS AMAZONENSES!!!!

FELIZ ANO NOVO! QUE EM 2012 O POVO DO NOSSO IMENSO AMAZONAS POSSA COBRAR COM MAIS FIRMEZA QUE SEUS IMPOSTOS SEJAM REALMENTE INVESTIDO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS, QUE POSSAM ATENDER AS EXPECTATIVAS NE NOSSA POPULAÇÃO.

AGRADECEMOS O JORNAL "À CRÍTICA" PELA DIVULGAÇÃO DO ÚLTIMO ATO DO FÓRUM NESTE ANO DE 2011. MAS EM 2012, COM CERTEZA, TEREMOS MAIS TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS PARA QUE O VERDADEIRO LEGADO COPA 2014 EM MANAUS SEJA PARA O POVO!

OFÍCIO Nº009/2011 QUE SOLICITA INTERMEDIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL NA PESSOA DO DR. ALEXANDRE SENRA. ASSINARAM O OFÍCIO AS SEGUINTES ENTIDADES. "ASSOC. MORADORES DO RIACHO DOCE 2; INSTITUTO AMAZÔNICO DA CIDADÂNIA - IACI; ASSOC. DE MORADORES DO NÚCLEO 03 DA CIDADE NOVA; FEDERAÇÃO AMAZONENSE DAS COMUNIDADES - FAC; ASSOC. DAS DONAS DE CASA DO ESTADO DO AMAZONAS - ADECEA".


MEMBROS DO FÓRUM ACIONAM MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL NO INTUITO DE OBTEREM AJUDA PARA RECEBER REPOSTAS DAS UNIDADES GESTORAS DA COPA 2014 (PREFEITURA DE MANAUS E GOVERNO DO ESTADO), SOBRE AS OBRAS DE MOBILIDADE URBANA QUE SERÃO CONSTRUÍDAS EM MANAUS PARA 2014.



DEPOIS DE VETAR O USO DO DINHEIRO DOS TRABALHADORES, GOVERNO DILMA RECUA E DECIDI INVESTIR R$ 4 BILHÕES DO FGTS PARA AS OBRAS DE MOBILIDADE URBANA NAS CIDADES-SEDE.

COMEÇA A PERSEGUIÇÃO AOS AMBULANTES QUE HÁ ANOS TRABALHAVAM NA PONTA NEGRA. TALVEZ JÁ SEJA A HIGIENIZAÇÃO DOS LOCAIS QUE SÃO BASTANTE VISITADOS PELOS TURISTAS, E QUE EM 2014 SEJA UMA DAS MAIS BELAS PAISAGENS DA NOSSA CIDADE "PONTA NEGRA".

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O FÓRUM POPULAR DA COPA 2014 EM MANAUS ENVIOU UM EMAIL SOLICITANDO UMA VISITA DA RELATORA DA ONU "RAQUEL ROLNIK" A MANAUS EM 2012. RECEBEMOS A RESPOSTA DE 01 DE SEUS ASSESSORES CONFIRMANDO AGENDAMENTO DA MESMA A MANAUS PARA O ANO QUE VEM.

A VOTAÇÃO DA "LEI GERAL DA COPA" SOFREU NOVAS ALTERAÇÕES DO RELATOR. COM ISSO A MESMA SERÁ VOTADA SOMENTE NA VOLTA DO RECESSO DA CÂMARA FEDERAL.

DEFICIENTES FÍSICOS TERÃO INGRESSOS GRÁTIS PARA ASSISTIREM AOS JOGOS DA COPA 2014 NO BRASIL. ESPERAMOS QUE TAL MEDIDA NÃO TENHA SIDO UMA ARTIMANHA DA CBF PARA CALAR A BOCA DO DEPUTADO FEDERAL "ROMÁRIO" QUE É UM DOS GRANDES DEFENSORES DA CAUSA NA CÂMARA FEDERAL.



















Pessoas com deficiência e de baixa renda terão direito a 32 mil ingressos grátis durante os jogos da Copa do Mundo de 2014. Serão 500 entradas por partida, segundo anunciaram nesta sexta-feira (23) o membro do Comitê Organizador Local (COL) do Mundial Ronaldo Nazário, o deputado e ex-jogador Romário (PSB-RJ). A decisão é fruto de um acordo firmado na semana passada entre o presidente do COL, Ricardo Teixeira, e o deputado Romário (PSB-RJ), conforme informou a assessoria do deputado ao Congresso em Foco.

Pelo trato, os 32 mil ingressos serão doados ao governo, que definirá critérios para distribuição às pessoas de baixa renda. Na discussão do projeto da Lei Geral da Copa, os deputados criticavam o fato de a proposta não dizer como atender as pessoas com deficiência, jogando o problema para um convênio futuro. A assessoria de Romário disse que ele chegou a pedir que o relator da matéria, Vicente Cândido (PT-SP), incluísse a obrigação de a Fifa, uma entidade privada, doar os ingressos, mas isso seria inconstitucional.
Com a negociação à parte, o problema fica resolvido. “O Ricardo Teixeira informou que, independentemente da Lei Geral da Copa, a CBF, como entidade privada, doaria para essa classe 32 mil ingressos para os jogos da Copa do Mundo. É uma vitória muito grande”, disse Romário hoje, no Hotel Sheraton, no Rio de Janeiro.
Hoje, existem 45 milhões de deficientes no Brasil, de acordo com a deputada Rosinha da Adefal (PTdoB-AL), militante dos direitos das pessoas com deficiência e uma das presentes ao anúncio do COL.

ESTUDANTES E IDOSOS PODERÃO FICAR SEM A MEIA-ENTRADA NOS JOGOS DA COPA 2104.

O projeto de lei da Copa não dá direito a meia-entrada para estudantes e idosos, ao contrário d que prevêem leis federais e estaduais. Em vez disso, a proposta reserva uma cota de 300 mil ingressos a preços populares, de cerca de R$ 50, para estudantes, pessoas com mais de 65 anos, índios, beneficiários do Bolsa Família e aqueles que aceitarem trocar armas por entradas.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

MEMBROS DO FÓRUM PARTICIPARAM NESTA MANHÃ (14.12.2011) DO ATO EM PROL DO AFASTAMENTO DO DEFENSOR PÚBLICO DO ESTADO. O MESMO ESTÁ SENDO ACUSADO DE TENTAR BURLAR O CONCURSO PÚBLICO DO ORGÃO PARA BENEFICIAR SEU FILHO. ENQUANTO ISSO NÓS TAMBÉM NOS MANIFESTAMOS PELA SUA SAÍDA, JÁ QUE DESDE O DIA (10.11.20110) ENVIAMOS OFÍCIO SOLICITANDO QUE A DEFENSORIA REALIZA-SE UMA AUDIÊNCIA PÚBLICA COM AS FAMÍLIAS QUE SERÃO ATINGIDAS PELAS OBRAS DA COPA (BRT E MONOTRILHO) E ATÉ A PRESENTE DATA NÃO RECEBEMOS RESPOSTA DE NOSSA SOLICITAÇÃO.

CONFIRA ALGUMAS DAS MUDANÇAS DA "LEI GERAL DA COPA" QUE FERE O ESTATUTO DO TORCEDOR E AINDA MEXE COM O PERÍODO LETIVO DOS ALUNOS DAS ESCOLAS DAS 12 CIDADES-SEDE.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O JORNAL A CRÍTICA ACOMPANHOU A VISITA DOS MINISTROS DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO - TCU, ESTIVERAM NESTA QUINTA-FEIRA (01/12/2011) EM MANAUS PARA DISCUTIR O PAPEL DO ORGÃO NA FISCALIZAÇÃO DAS OBRAS DA COPA 2014 EM MANAUS.




































O Tribunal de Contas da União (TCU) evitou o desperdício de R$ 60 milhões na obra de reforma do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. A informação foi dada nessa quinta-feira (1) pelo ministro do TCU, Valmir Campelo, que é relator dos processos referentes à preparação e realização da Copa do Mundo de 2014.
Em todo país, segundo o ministro, cerca R$ 800 milhões foram poupados através de intervenções do tribunal nos projetos sem que fosse necessário paralisar nenhuma obra.
O aeroporto está orçado em R$ 345 milhões e a reformada, iniciada no mês passado, deve durar 25 meses.
“Em todas as obras fizemos ações que representaram uma economia de R$ 800 milhões. É um trabalho preventivo e concomitante com andamento de cada obra. Foi feito essa economia sem precisar parar nenhuma obra. Aqui no aeroporto de Manaus diminui-se o valor da obra em mais de R$ 60 milhões”, declarou o ministro.
As informações foram dadas pelo ministro durante visita à Arena da Amazônia, na Zona Centro-Sul de Manaus, nessa quinta-feira. A visita foi acompanhada pelo governador do Estado, Omar Aziz (PSD) e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Júlio Pinheiro.
O governador Omar Aziz declarou que 100% das estacas de fundação da arena já foram colocadas e que dentro de sete meses a estrutura superior do estádio poderá ser vista pela população.
“As estacas estão todas aí. Não dá para ver. Mas são 2.600 estacas prontas. Em seis meses vamos começar a levantar e as pessoas vão prestar mais atenção. Ver a obra”, afirmou Omar.
 Em Manaus, o ministro Valmir Campelo disse que era um entusiasta dos benefícios que as obras da Copa deixarão para as populações das cidades.
 “Vejo com bons olhos que tudo vai ser terminado a tempo. Se há 60 anos proporcionamos ao mundo uma Copa do Mundo conseguimos fazer isso de novo e bem melhor, dando maiores condições a todos os visitantes aqui. As obras vão deixar um legado não só para a Copa, mas as obras de mobilidade para as pessoas de baixa renda”, disse o ministro.
 À Agência Estado, sobre relatório sobre as obras da Copa, divulgado nessa quinta-feira, o tom foi um pouco diferente. O ministro disse que o TCU revelava preocupação com “herança” indesejável das obras.
 “Temo que essas intervenções de mobilidade, a serem inevitavelmente realizadas às pressas, baseiem-se em projetos sem o devido amadurecimento quanto ao seu detalhamento técnico; e mesmo quanto à sua viabilidade. Preocupa-me o risco de conceber uma herança que não corresponda às reais necessidades da população ao término dos jogos”, disse.